mixer-vs-twitch

[COMPARAÇÃO] Mixer Vs Twitch: qual a melhor plataforma para você?

Se você é um amante de streaming, provavelmente a batalha Mixer Vs Twitch te atingiu de alguma forma esse ano. Afinal, qual das duas plataformas é a melhor para nós fãs de games? Essa resposta que chegaremos nesse post 🙂

Não importa se você é streamer gamer ou apenas um viewer apaixonado das lives. A decisão entre as duas é algo que você irá se deparar, visto que ambas marcas possuem dados incríveis. Como:

  • 15 milhões de usuários diários no Twitch
  • Produção mensal de broadcasters no Twitch entre 3,4 e 4,5 milhões
  • Aproximadamente 46 bilhões de minutos assistidos mensalmente no Twitch em 2018
  • O tempo assistido no Mixer aumentou 12% em 2 anos
  • O Mixer possui 30 milhões de viewers ativos mensalmente
  • O Top 6 maiores canais da Twitch têm, juntos, um total de 4,5 milhões de assinantes

Com eles nós podemos ver como são duas gigantes no mercado de streamers, certo? Por isso não tem como ignorar essa luta que rola entre a Mixer Vs Twitch.

E fizemos um comparativo completo das duas plataformas, para te guiar nessa disputa. Nesse post passaremos por três tópicos:

  • O que é o Mixer e o que é o Twitch
  • Mixer Vs Twitch: para os viewers
  • Mixer Vs Twitch: para os streamers

Vamos jogar?

Antes me conta mais do Mixer e do Twitch

Ok, você já sabe muito bem o que é streaming e é um grande fã desse tipo de conteúdo. Então o que precisamos te situar antes de começar as comparações é nas diferenças entre uma plataforma e outra.

Porque você só chega na conclusão de qual é a melhor depois que conhecer as duas, certo?

Para começar a entender o por trás dessa batalha, temos que esclarecer que o Twitch é da Amazon e o Mixer é da Microsoft. São duas grandes empresas que procuram se consagrar ainda mais entrando no mercado de stream gamer.

O Twitch está no ar desde 2005, quando ainda era Justin.Tv. Começou a focar no universo dos eSports e live de gameplay em 2011, quando finalmente adquiriu esse nome.

É a plataforma mais velha desse meio. Por isso seus números estão anos-luz na frente dos números da Mixer. Garantindo a ela a primeira posição como opção de streaming gamer.

Nós já falamos com mais detalhes sobre a história e pontos importantes do Twitch nesse post aqui. Se tiver mais curiosidade é só dar uma olhadinha nele 🙂

O Mixer é mais recente, possuindo apenas 3 anos. Antes se chamava Beam, até que foi comprada pela Microsoft em seu ano de estreia e teve seu nome alterado em 2017.

A novata tem chamado a atenção com investimentos e ações bastante agressivas. Um grande exemplo disso foi a contratação do maior streamer do cenário, Ninja.

Gamer principalmente de Fortnite, ele possuía cerca de 14 milhões de seguidores no Twitch. Foi quando anunciou sua entrada na Mixer.

A mudança do Ninja fez com que o app aparecesse em primeiro lugar dos mais baixados da App Store em apenas um dia. Mostrando que não vieram para brincadeira e que seu objetivo é conquistar a posição do Twitch no mercado.

Mixer Vs Twitch para quem é Viewer

Interface

A interface das duas plataformas são bem parecidas. Ambas mostram os vídeos em destaque em primeiro lugar.

Inicial do Twitch

Inicial do Mixer

No Twitch logo abaixo aparece os ao vivo recomendados e em seguida categorias recomendadas. Já no Mixer temos parceiro em destaque e em seguida melhores jogos.

O ao vivo recomendado em seguida é mais atrativo porque já te linka para um conteúdo que pode ser interessante para você. 

Ambos sites são bastante intuitivos e mostram o que é mais importante logo de cara: lives. Portanto as duas interfaces são igualmente chamativas e funcionais do ponto de vista do viewer.

Variedade de conteúdos

Como já falamos, o Twitch é mais antiga e com maior movimentação. Devido a isso, é também o que possui maior variedade de conteúdo.

O interessante do Twitch é conciliar canais de liveplay de games, como Battle Royale, MOBA, LoL, Minecraft, transmissões de campeonatos de eSports, com canais de outros tipos. Por exemplo:

  • Culinária
  • Design
  • Pessoas conversando
  • Desenvolvedores de softwares/sites

O Mixer, por ser mais recente, conta com um menor número de canais presentes. Possui uma grande variedade nos tipos de jogos que são streamados, mas não chega perto quanto aos diferentes conteúdos oferecidos.

Enquanto no Twitch temos aproximadamente 1,5 milhões de streamers, o Mixer conta com um número por volta de 69 mil. Essa diferença absurda é o grande fator que leva o Twitch a ter maior variedade de conteúdos.

Canais grandes nas plataformas

Já que comentamos sobre o número de canais ali em cima, vamos aproveitar e falar também sobre os grandes.

No Twitch possuímos grandes nomes como: 

Porém tivemos migrações de outros canais gigantes para o Mixer

Apesar disso, se compararmos o ranking da roxinha contra o da azulzinha nós vemos que o Twitch ainda possui os maiores canais do cenário.

Dispositivos disponíveis

Você consegue acompanhar a live de ambos aplicativos nos seguintes dispositivos:

  • PS4
  • Xbox
  • Android
  • IOS
  • PCs

Um leque importante de opções para facilitar o acesso dos viewers. Nesse critério, ambas plataformas são semelhantes.

Melhores interações

O público pode interagir de variadas formas no Mixer. Nessa plataforma, o usuário tem direito as chamadas Skills, formas de interação com animações e memes variados.

Para comprar Skills, o usuário precisa ter Sparks ou Embers suficientes. Sparks são moedas que você ganha assistindo algumas transmissões, as Embers você pode comprar com dinheiro real.

Quanto mais Skills você usar na liveplay, mais divertida e pessoal sua interação. Além de também ajudar o criador do conteúdo, já que as Skills se convertem em benefícios para ele.

Além disso, conta com um sistema de FTL (Faster Than Light). Nesse sistema eles praticamente zeram o delay entre a transmissão e as mensagens enviadas no chat.

Parece algo pequeno, mas isso melhora muito a conversação entre quem está assistindo e quem está streamando.

Outro ponto bastante comentado do Mixer é a cautela que a comunidade tem para não ser tóxica. Em Julho de 2019, a Microsoft fez uma postagem falando sobre o compromisso do Mixer onde ressaltou os valores da marca na questão da conduta.

Reforçando ser um ambiente positivo e acolhedor, contrário a desrespeitos e comportamentos abusivos. Contam com o trabalho de moderadores e implementam ações para facilitar a denúncia em qualquer situação.

Por fim, existe o MixPlay, opção pro streamer escolher jogar com alguém da audiência. Essa interação é bastante chamativa. Já pensou como deve ser legal jogar com seu streamer favorito?

Em comparação, o Twitch não possui tantas opções diferentes e criativas de interação quanto o Mixer. Tem o chat, alguns emojis e reconhecimento para alguns usuários. Além da opção de enviar presentes.

Mixer Vs Twitch – Veredito final para Viewers

Finalmente chegamos na grande questão. Qual a melhor plataforma para o viewer: Mixer ou Twitch?

Caso você esteja em busca de variedade de conteúdo e maior número de canais, a resposta com certeza é o Twitch. Por ser mais antiga, já está colocada em primeiro lugar de site de stream gamer. 

Nela você encontrará um leque mais variado de opções e mais lives disponíveis.

Por outro lado, se o seu interesse é na interação e conhecer canais menores então deve dar uma chance para a Mixer.

A plataforma oferece melhores condições de troca de mensagem para os viewers. E já que é recente e possui menos movimento então acaba sendo mais fácil de encontrar streamers novatos que oferecem um conteúdo interessante.

A atenção aos comportamentos tóxicos dentro do site também melhora ainda mais a experiência do viewer nas interações. Sendo mais um ponto positivo para você levar em conta caso esse seja seu foco.

Leia Também: Como ganhar dinheiro na Twitch

Mixer Vs Twitch para quem é streamer

Retorno financeiro para o Streamer

O Twitch possui um sistema gradativo para os streamers. Funciona da seguinte forma:

  • Primeiro você começa como um streamer normal
  • Depois de concluir certas metas você se torna afiliado
  • Como afiliado você ganha o direito de ter subscribers e começa a ter seu canal monetizado
  • O próximo passo é se tornar parceiro da Twitch. Para solicitar essa nova categoria você deve ou concluir A rota para se tornar um parceiro ou produzir conteúdos com muito engajamento e público
  • Depois que você solicitar a parceria com a Twitch eles irão avaliar o seu canal e te darão um retorno

Ser parceiro é o último estágio. Você tem direito a certos privilégios que nem o afiliado e nem o streamer normal possui. Um resumo desses privilégios estão no quadro abaixo:

Informações retiradas do Twitch.

O processo na caminhada para se tornar um parceiro é longo. Logo, o início como streamer normal pode ser bem difícil e demorado. O retorno financeiro chega com o tempo e o suporte que a Twitch entrega para quem está no início é bem pequeno.

O Mixer também possui um sistema de parceria, sendo a única forma que o streamer consegue de monetização no momento. 

Porém, eles anunciaram no seu post sobre “O compromisso do Mixer” que estão com projetos para monetizar streamers desde o início.

A forma de monetização prevista pode ser vista no print abaixo:

Em resumo, esses benefícios serão:

  • Embers: viewers conseguirão apoiar streamers iniciantes com eles. Será uma forma de pagamento virtual
  • Subscriptions: você poderá valorizar seus canais favoritos se inscrevendo, independente se o canal já é parceiro do Mixer ou não
  • Custom Skills: apoie streamers usando skills personalizados da Ember exclusivos para o canal em questão

Segundo a publicação que fizeram, a ideia é implementar essa forma de pagamento ainda esse ano.

Essa alternativa será uma grande vantagem para quem ainda está planejando começar na carreira de streamer. É um incentivo a profissionalizar ainda mais a área.

Além disso, o Mixer se preocupa bastante em manter o clima acolhedor do site. Isso é visto em toda a atenção que dão para o espaço do chat e os conteúdos não-tóxicos.

Esse também é um ponto positivo no suporte deles tanto para os streamers quanto para os viewers.

Leia também: Como fazer live na Twitch

Maior número de usuários

O Twitch ainda está bem a frente nesse aspecto, sendo de longe a maior plataforma de streaming gamer do momento. No gráfico abaixo você consegue ver  a comparação das horas assistidas entre Twitch, YouTube Live e Mixer:

Fonte: Streamlabs

Com isso, é por lá que você encontrará o potencial de maior audiência

Concorrência

Por ser mais recente, o Mixer ainda não possui uma concorrência tão forte quanto a Twitch. No quadro abaixo você vê uma comparação de horas streamadas entre as duas plataformas:

Fonte: Streamlabs

Esse fator é interessante principalmente para streamers no início. É possível ver no Mixer uma oportunidade de criar um conteúdo diferente que não tenha chegado lá ainda.

Divulgação

O Mixer possui uma estratégia bem bacana de divulgação para os streamers, que é a HypeZone. Se trata de canais de diferentes jogos em alta, que seleciona as melhores transmissões para reproduzirem nele.

Trazendo um boost nas suas visualizações e dando oportunidade para mais pessoas te conhecerem. 

Enquanto isso, no Twitch os meios de divulgação da live se dão muito mais por conta própria do streamer. A plataforma em si não oferece canais fortes e chamativos para streamers que não são parceiros, como o HypeZone.

Já, quem é parceiro da Twitch, existe o programa Twitch Partner Spotlight. Ele funciona da seguinte forma:

  • Uma vez por semana o Twitter TwitchBR cria uma votação entre três canais no seu perfil
  • O grande vencedor é promovido por cinco dias na página inicial da plataforma na seção “Canais Promovidos”
  • Os outros dois que não ganharem a votação também recebem uma ajuda: são divulgados por 5 dias na página inicial, porém não com a mesma frequência do ganhador

É uma forma bacana de divulgar canais menores, porém só é possível para quem já é parceiro do Twitch. 

E você não pode solicitar participação. A única coisa que pode fazer é continuar entregando um produto de qualidade depois de se tornar parceiro e então torcer para que alguém da equipe de parcerias encontre seu canal. 

Mixer Vs Twitch – Veredito final para os Streamers

O Twitch tem um começo bem difícil para streamers que estão chegando. Você pode passar semanas, meses ou anos até conseguir finalmente crescer no site. A ampla concorrência pode abafar o seu canal, se tornando mais competitivo.

Em contrapartida, quando você cresce no roxinho, acaba ficando realmente gigante. Por se tratar da maior plataforma de streaming atual e ter um grande número de usuários, seu potencial de sucesso é maior.

Por ser bem conhecido tem uma grande comunidade de Streamers que se ajudam, dando dicas, indicando Streamers menores etc.

O Mixer ainda não possui tanta movimentação, portanto seu crescimento lá ainda é um tanto limitado. Apesar disso, pode ser que inicialmente você perceba avanços mais rápidos no Mixer ao invés do Twitch. 

Além disso o Mixer está em ascensão, trazendo uma incrível oportunidade para você aproveitar a onda e crescer junto com eles.

São vários fatores que você deve levar em conta na hora de escolher onde streamar. Mas a nossa sugestão na luta Mixer Vs Twitch, para o streamer é:

  • Se você já tiver uma base de fãs de outros lugares, como por exemplo no seu canal de youtuber gamer ou no instagram: tente começar no Twitch. O potencial de crescimento lá é maior e, por não ser um completo desconhecido no cenário, terá maiores chances ou então se você ter a consciência que o início para ganhar relevância pode ser mais demorado escolha a Twitch.
  • Se você estiver iniciando na área agora, com nenhuma base de fãs ou alguma outra conta influente no mundo dos games: fique com o Mixer. A concorrência menor, o crescimento da plataforma, a comunidade bem receptiva e o suporte de qualidade podem te ajudar a trilhar um bom caminho inicial

E aí, conseguiu decidir qual a melhor plataforma para você? Conta para gente nos comentários quem ganha a batalha Mixer Vs Twitch na sua opinião 🙂
E se você for um fã de e-sports não deixe de conferir nosso post sobre como investir nesse setor.

Comente Abaixo