[LISTA] Melhores jogos de terror para você experimentar

Sim, hoje trazemos uma lista para lá de perigosa. Os melhores jogos de terror para jogar enquanto caga nas calças de medo. Passando por clássicos até os atuais, pegamos os grandes nomes desse gênero que tira nosso sono a noite.

Todos temos medos. Seja fantasmas, monstros, zumbis, aliens, do futuro… todo mundo tem seu medo fantasioso. Independente de acreditar ou não, são aqueles assuntos que deixam a gente arrepiado só de ler histórias sobre.

E os games de terror usam desse campo medonho e aterrorizante para criar jogos com histórias incríveis. Mas tem que ter coragem, afinal você não só encara seus medos como também se vê jogando com eles.

Os melhores jogos de terror são:

  • Fatal Frame
  • Soma
  • Resident Evil 2
  • Silent Hill 2
  • Condemned: Criminal Origins
  • F.E.A.R.
  • Until Dawn
  • Dead Space
  • Amnesia: The Dark Descent
  • Outlast
  • P.T.
  • Alone in the Dark
  • Layers of Fears
  • Neverending Nightmares
  • SCP-087
  • Dying Light
  • Siren: Blood Curse
  • Lorelai
  • Slender: The Arrival
  • Alien Isolation
  • The Evil Within
  • Lone Survivor

Caso queira saber mais detalhes desses jogos, continue nesse post que falaremos dicas, sinopse e alguma curiosidade sobre cada um.

A MKT ADVERTE: os jogos citados nesse post podem te causar insônia, taquicardia e horror extremo. Tenha certeza que você quer ler esse conteúdo e sempre olhe a classificação indicativa do jogo antes de comprar ou assistir algum vídeo.

E aí, pronto pra tudo isso? Vamos ver qual desses nomes de melhores jogos de terror você mais tem medo. E quais você encararia para conhecer mais…

Leia também: Livros baseados em jogos

Lista – melhores jogos de terror

Fatal Frame (2001)

Fonte/Reprodução: Amino Apps

Começando nossa lista com um dos melhores jogos de terror de espíritos já lançados. Fatal Frame é uma série de games japoneses lançados pela Tecmo.

Atualmente a saga conta com cinco nomes, sendo eles:

  • Fatal Frame (2001)
  • Fatal Frame II: Crimson Butterfly (2003)
  • Fatal Frame III: The Tormented (2005)
  • Fatal Frame IV: Mask of the Lunar Eclipse (2008)
  • Fatal Frame V: Maiden of Black Water (2015)

O que amarra todos os jogos entre si é a existência da Câmera Obscura, a arma capaz de derrotar os fantasmas que aparecem.

E como um jogo que possui uma câmera como arma pode ser aterrorizante? Contando com histórias sensacionais regadas à rituais sanguinários, com espíritos que trazem jumpscares sinistras e com um cenário bastante sombrio e enigmático.

Não acredita? Então vamos falar um pouquinho do primeiro jogo para te convencer.

Se passa na Mansão Himuro, em 1986. Mafuyu Hinasaki decide ir atrás de seu mentor desapareceu nela, porém não retorna da procura. Depois de alguns dias sua irmã mais nova, Miku Hinasaki, resolve entrar na casa também em busca de Mafuyu.

Parece nada demais? Provavelmente pensa isso porque não conhece a tal da Mansão Himuro. O lugar é tido como amaldiçoado tanto no game quanto na vida real (sim, ela existe de verdade). Reza a lendas que lá era realmente palco de rituais macabros como o do estrangulamento, que também aparece no jogo.

E aí, agora acha que vale o título de um dos melhores jogos de terror de espíritos?

Não vamos falar mais nada para não soltar spoiler da história incrível desse jogo. Mas Vale um highlight aqui do segundo jogo da saga, o Fatal Frame II: Crimson’s Butterfly. Tido por muitos como um dos melhores da série do Project Zero (como o jogo é chamado em alguns países).

Plataformas disponíveis para o jogo: PS2, PS3 e Xbox.

Soma (2015)

Game lançado pela Frictional Games, produtora do aclamado Amnesia: The Dark Descent, Soma é um sci-fi subaquático que entra dentro do gênero survival horror.

Trazendo uma realidade futurista, com humanos cibernéticos e ciborgues humanóides, o jogo trabalha com questões abrangentes sobre o ser humano. Afinal, o que é ser humano?

Tudo isso atrelado a uma narrativa incrível, com o falante Simon Jarret como personagem principal. Simon sofre um acidente de carro e topa participar de uma pesquisa de cientistas como alternativa para se salvar de uma sequela no cérebro.

Até que de repente ele desperta a bordo da Pathos-II. Uma base submarina amedrontadora, visto que possui o caos instalado dentro dela. Com corpos por todo lado, computadores quebrados, gravações misteriosas e bastante sangue. 

Isso tudo sem que o personagem tenha a menor ideia de como foi parar lá. Bizarro, né?

A ambientação, os gráficos e a trilha sonora dão o tom de terror para o jogo. A tensão e suspense tomam conta da atmosfera do início ao fim, te estimulando a entender o que está acontecendo.

Se interessou pelo título? Você pode dar uma olhada na faixa de preços aqui:

Site oficial para comprar SOMA

Plataformas disponíveis: PC e PS4.

Resident Evil 2 (1998 – remake 2019)

Fonte/Reprodução: Steam

Uma lista de melhores jogos de terror sem pelo menos um título dessa saga é uma lista incompleta.

A franquia de sucesso da Capcom é conhecida por praticamente todos os amantes dos jogos de terror. Esse survival horror com zumbis infectados é um dos jogos de maior sucesso do gênero.

A série Resident Evil já possui esses títulos:

  • Resident Evil (1996)
  • Resident Evil 2 (1998)
  • Resident Evil 3: Nemesis (1999)
  • Resident Evil Code: Veronica X (2001)
  • Resident Evil Zero (2002)
  • Resident Evil 4 (2006)
  • Resident Evil 5 (2009)
  • Resident Evil 6 (2012)
  • Resident Evil 7: Biohazard (2017)

E qual o melhor Resident Evil? Para muitos, o 2. O jogo chegou a vender cinco milhões de cópias do seu remake e aparece com frequência em listas de melhores games da história.

Os dois personagens principais da história são Leon S. Kennedy e Claire Redfield. Ambos chegam a Raccoon City com seus objetivos – Claire em busca de seu irmão e Leon fazendo seu papel de policial. 

Ao se depararem com uma cidade completamente devastada e infectada pelo T-Virus eles se veem na necessidade de lutar por sua sobrevivência.

Em 2019 o clássico ganhou um remake que fez brilhar os olhos e acelerar o coração dos veteranos fãs do título. No trailer abaixo você consegue sentir a atmosfera de terror do jogo:

O próximo remake que tá deixando todo mundo no hype é o de Resident Evil 3. Também né, com essa qualidade não tem como esperar menos que uma produção incrível:

A legião de fãs de Resident Evil é tão apaixonada que você consegue encontrar diversos vídeos de Speedrun dele no youtube. Esse aqui fechou em menos de uma hora:

E aí, tá preparado para relembrar esse clássico? Será que você consegue zerar em menos tempo? Você pode comprar o remake nos links abaixo:

Não esquece de contabilizar o número de sustos também, hein ;D

Plataformas Disponíveis: PS1 (o clássico), PS4, PC e XBox One

Silent Hill 2 (2001)

Fonte/Reprodução: Wikipedia

Outra saga de games bastante querida do público. Silent Hill é uma franquia da Konami e se fez presente na vida de muitos gamers.

A cidade coberta pelo nevoeiro, os monstros demoníacos e as histórias complexas são uma marca da série. Indo para além de jump scares, conta também com terror psicológico e tensão no desenrolar dos jogos. Vamos relembrar todos os games:

  • Silent Hill (1999)
  • Silent Hill 2 (2001)
  • Silent Hill 3 (2003)
  • Silent Hill 4: The Room (2004)
  • Silent Hill: Ørigins (2007)
  • Silent Hill: Homecoming (2008)
  • Silent Hill: Shattered Memories (2010)
  • Silent Hill: Downpour (2012)

Silent Hill 2 conta a história de James recebe uma carta de sua esposa Mary. Seria algo normal e romântico, se não fosse por um detalhe: Mary havia morrido há alguns anos.

Na carta ela diz estar esperando por ele no “lugar especial” dos dois. Isso faz com que James vá para Silent Hill, uma cidade que ambos gostavam, na esperança de que a encontre por lá. Porém ao chegar ele percebe que o ambiente não se parece nada com o lugar especial do casal. 

Dominada por um intenso nevoeiro que atrapalha a visão do que está a sua frente, com aparições de figuras humanóides bizarras e pessoas problemáticas que também lutam pela sobrevivência. 

O enredo então se desenvolve com a busca de James por sua falecida (será?) esposa.

Você pode comprar o game agora mesmo:

  • Silent Hill com o 2 e 3 =)

Plataformas Disponíveis: PS2, PS3, Xbox e PC.

Condemned: Criminal Origins (2005)

Fonte/Reprodução: Mercado Livre

Um dos melhores jogos de terror para quem tem medo de pessoas. Isso mesmo, sem fantasmas, zumbis ou monstros bizarros. Somente pessoas.

Desenvolvido pela Monolith e publicado pela Sega, se trata também de um survival horror. Nele você está no comando de Ethan Thomas, um agente do FBI que se vê envolvido em um dos seus casos.

Ele acaba sendo acusado da morte de um colega de trabalho. Com a tela em primeira pessoa, você deve ajudar Ethan a provar sua inocência sozinhos e com armas limitadas.

Durante o jogo irá se deparar com diversas cenas pesadas de crimes e enfrentará bandidos insanos em edifícios abandonados e apavorantes. É um terror que se encontra com a vida real e foge das paranormalidades.

Condemned teve uma sequência lançada em 2008 chamada Condemned 2: Bloodshot.

Para comprar o jogo dessa saga agora mesmo é fácil:

Plataformas Disponíveis: Xbox 360, PC.

Leia também: Como montar um PC Gamer

Layers of Fear (2016)

Fonte/Reprodução: Steam

Quais são as camadas do medo? É isso que esse jogo trás, tendo como pano de fundo a arte e a insanidade.

A narrativa acontece na mansão de um pintor do século XIX. Ele está prestes a terminar a sua última obra de arte, mas algo o impede de prosseguir. Envolvendo mistérios com sua família e toques surreais, aos poucos essa simples história se revela um verdadeiro labirinto de loucura.

Jogado em primeira pessoa, você deve seguir pelos corredores da casa a procura de materiais e portas que levam na continuidade da história. É um jogo rápido dependendo do seu ritmo, mas é preciso coragem para seguir.

A cada passo e nova descoberta, novos aspectos do terror são incluídos. Sendo o visual e os elementos sonoros importantes para a construção do medo. Os sussurros, sons de ratos, de livros caindo ou gritos vão te fazer pular de medo.

Feito pela produtora polonesa Bloober Team, o game teve boas avaliações e foi comparado com grandes nomes do terror. Como P.T. e Amnesia: The Dark Descent.

O game ganhou sua sequência em 2019, com o Layers of Fear 2. Também trouxe a história de um artista, porém em um novo ambiente: um cruzeiro.

Se tiver ficado na fita de comprar, dá uma olhada no preço nos links abaixo:

Plataformas Disponíveis: PS4, Xbox One e PC.

F.E.A.R (2005)

Fonte/Reprodução: Steam

Um jogo impecável, com momentos de ação e combate extremamente intensos e uma ambientação apavorante.

F.E.A.R é a sigla para First Encounter Assault Recon, uma organização governamental secreta que lida diretamente com assuntos paranormais. Eles são convocados para uma missão em um prédio abandonado. 

Essa missão militar conta com mistérios, bastante violência e um clima de pesadelo. Durante o jogo você se depara com cenas de canibalismo cruel, sustos envolvendo Alma e alucinações que se intensificam com o desenrolar.

F.E.A.R é um nome e tanto para os maiores fãs do gênero de terror. Com uma história complexa que envolve o exército, experiências e bastante violência (tanto física quanto psicológica). O game se tornou até uma trilogia devido ao sucesso:

  • F.E.A.R (2005)
  • F.E.A.R 2: Project Origin (2009)
  • F.E.A.R 3 (2011) 

Você pode comprar o seu agora mesmo por aqui:

Plataformas Disponíveis: PC, Xbox 360, PS3

Until Dawn (2015)

Fonte/Reprodução: Playstation

Trazendo para a lista de melhores jogos de terror um game onde a sua decisão é a arma mais importante. Sim, isso mesmo.

Until Dawn é o contrário de filmes baseados em jogos, simplesmente é um jogo inspirado em filmes. Bebendo claramente das fontes do gênero slasher dos longas de terror, é possível perceber a referência no enredo de alguns como Halloween, Sexta-Feira 13 e outros.

A história da viagem de um grupo de amigos para os chalés em montanhas geladas no Canadá. Esse mesmo local foi ambiente do sumiço de duas irmãs no ano anterior, os jovens resolveram retornar justamente para manter viva a memória das amigas.

Como todo bom clichê do horror: a viagem conta com a presença de um psicopata que aterroriza os amigos. O seu dever então é salvá-los da morte (ou não) e descobrir os mistérios acerca do que está acontecendo.

O grande charme do jogo se encontra na sua mecânica. Ele conta com a lógica de “Efeito Borboleta” que faz com que cada escolha que você tenha para um personagem gere consequências imprevisíveis para os demais.

Ou seja: vamos supor que você escolheu ir pela esquerda ao invés da direita. Isso pode ser a causa da morte de alguém lá na frente. 

Esse método cria inúmeros finais e altera o desenrolar a cada situação. São vários jogos diferentes dentro de um só.

Pronto para jogar até o amanhecer? A gente não se responsabiliza pelo aumento da intensidade dos sustos na madrugada hehe 

Plataformas Disponíveis: PS4

Dead Space (2008)

Fonte/Reprodução: EA

Esse aqui da EA Sports e desenvolvido pela Visceral Games é para quem gosta do espaço. Ou talvez quem morre de medo D:

O engenheiro espacial Isaac Clarke é chamado para uma situação de emergência na nave USG Ishimura. Chegando lá se depara com uma calamidade: tudo está infectado por um parasita alienígena que transformou os humanos em monstros mutantes, chamados Necromorphs.

O jogo não economiza no que diz respeito ao sangue, cenas de agonia e violência. Muitas vezes você se vê na necessidade de decepar os membros e cabeças dos morfos de forma bastante realista e cruel.

Em Dead Space vale tudo pela sobrevivência. Por isso é tido como um dos jogos mais violentos de survival horror.

Mais um jogo de terror que se tornou uma trilogia, dando continuidade a história:

  • Dead Space (2008)
  • Dead Space 2 (2012)
  • Dead Space 3 (2013)

Bora ajudar esse engenheiro a sobreviver? 

Plataformas Disponíveis: PS3, Xbox 360 e PC.

Amnesia: The Dark Descent (2010)

Fonte/Reprodução: Steam

O título de peso da Frictional Games é tido por muitos como um dos melhores e mais assustadores jogos de terror de todos os tempos. 

Assim como muitos outros que trouxemos na lista, Amnesia é um survival horror. Mas ele se diferencia dos demais em um aspecto: você não possui nenhuma arma. Sua luta pela sobrevivência é basicamente correr e se esconder de qualquer ameaça.

Nesse jogo, Daniel acorda em um castelo abandonado e sem nenhuma lembrança. A única dica do que deve fazer está no bilhete que encontra que diz para que ele mate Alexander, o dono da casa.

Então, com a tela em primeira pessoa, você deve explorar e desvendar os segredos e puzzles do lugar. Tudo isso com iluminação escassa, efeitos sonoros aterrorizantes e monstros que atormentam.

O objetivo não é enfrentar os medonhos que aparecerem. Como já dissemos, você deve fugir e deve fazer isso para que seu personagem mantenha a sanidade

Literalmente isso: existe o nível de sanidade de Daniel e ele cai quando tem contato com os monstros. A medida que ele diminui, você começa a ter alucinações e tudo começa a embaralhar – até a mobilidade dele

Outro fator que deixa o protagonista insano é a escuridão. O castelo possui muitos lugares de sombras e a falta de iluminação também enlouquece a cabeça de Daniel.

Amnesia nada mais é que a busca pela memória enquanto você dá o seu melhor para não pirar. E com o bônus de ser em um ambiente amedrontador e horripilante.

Se você se arrepiar em certos momentos, não estranhe. É comum que isso aconteça quando jogamos esse grande nome dos jogos de terror.

Ficou com curiosidade para jogar? Se liga no link:

Plataformas Disponíveis: PC.

Outlast (2013)

Fonte/Reprodução: Microsoft

Passado em um manicômio, Outlast possui tudo o que um bom terror pede: uma história envolvente, momentos assustadores e um ambiente completamente medonho.

O jornalista Miles Upshur recebe em seu e-mail uma mensagem que denuncia o hospital psiquiátrico operado pela corporação Murkoff. E então, incorporado pela sua curiosidade jornalística Upshur vai até o local.

Ao entrar no manicômio Miles encontra corredores repletos de sangue e corpos mutilados, além de gritos a distância e uma iluminação falha. Logo ele é atacado pelos psicopatas que estão internados ali dentro.

Tudo piora quando uma força sobrenatural, que também causa a morte e dor em quem está ali dentro, aparece.

Outlast prossegue com o enredo bem amarrado e que faz qualquer marmanjo tremer de medo. O jogo em primeira pessoa conta com uma situação similar à Amnesia: Miles também não possui armas e seu foco é sempre fugir e se esconder.

Atualmente Outlast possui mais dois jogos em sequência, sendo então:

  • Outlast (2013)
  • Outlast: The Whistleblower (2014)
  • Outlast 2 (2017)

Não nos responsabilizamos pela sua decisão de encarar toda essa história. Se estiver realmente decidido, você consegue comprar o jogo por aqui:

Plataformas Disponíveis: PC, PS4, Xbox One, Nintendo Switch

P.T. (2014)

Fonte/Reprodução: VG 247

P.T. foi um dos melhores jogos de terror nunca lançados da história dos games.

Como assim, Igor? Vou explicar direitinho.

P.T. é uma sigla de Playable Teaser, traduzindo para o português claro: teaser interativo. Ele foi lançado como um jogo demo exclusivo para Playstation 4 em 2014.

Contando com a tela em primeira pessoa, cenários bizarros e terror a todo instante. P.T. tinha de pano de fundo a história de um misterioso assassinato que era noticiado na rádio.

Com isso, tínhamos o protagonista preso entre vários corredores e portas, fugindo de uma fantasma chamada Lisa. Com o desenrolar e revelação de cada detalhe se dava a entender que o marido de Lisa tinha sido responsável por sua morte.

Ok, mas e aí? O que isso tem a ver com o título “um dos melhores jogos de terror nunca lançados na história dos games”?. 

É porque a bomba vem agora: ao final do jogo você descobria que P.T. na verdade era um trailer para um novo SH, chamado Silent Hills.Tendo na produção uma parceria entre ninguém mais e ninguém menos que: Kojima e o cineasta Guillermo del Toro.

Só de ouvir isso qualquer fã do gênero ficaria dando pulo de alegrias pensando em todos os pulos de medos que daria no futuro. Mas a “notícia” triste é que esse futuro não chegou.

Kojima e a produtora Konami tiveram alguns atritos que resultaram no cancelamento do projeto 🙁

Além disso, o P.T. foi retirado do ar, não sendo possível mais fazer download dele. Então atualmente só quem consegue jogar esse teaser incrível é quem fez o download na época do lançamento.

As únicas evidências que temos de que P.T. e Silent Hills não foi uma grande alucinação coletiva dos amantes do terror são esses PS4 com o game na memória.

RIP jogo que não veio. Vamos deixar vocês apenas com o concept movie que foi exibido na TGS:

Plataformas Disponíveis: --

Alone in the Dark (1992)

Fonte/Reprodução: Wikipedia

Não podíamos deixar de trazer aqui um dos nomes mais antigos do estilo. Podendo ser chamado de pai do terror survival, esse game serviu de inspiração para muitos outros jogos de survival horror que vieram depois.

Alone in the Dark foi lançado pela primeira vez 1992 pela Infrogames para PC. O jogo que era novidade para muitas pessoas, deve ter amedrontado a infância ou adolescência de alguns leitores aqui.

Desde então, muitos nomes vieram na sequência:

  • Alone in the Dark (1992)
  • Alone in the Dark 2 (1993)
  • Alone in the Dark 3 (1994)
  • Alone in the Dark: The New Nightmare (2001)
  • Alone in the Dark (2008)
  • Alone in the Dark: Illumination (2015)

Se passando na década de 1920, o primeiro AITD traz a história de Edward Carnby. Esse investigador vai até a mansão Derceto procurar a verdade sobre o suicídio de Jeremy Hartwood.

Tendo relações claras com HP Lovecraft e a série Call of Ctuhulu, o histórico jogo tem como marco ser um dos primeiros 3D com personagens poligonais. O que isso significa? Bom, dá uma olhadinha no vídeo abaixo que você vai conseguir visualizar:

Acredite, isso era extremamente moderno e inovador na época. Uma outra característica vanguardista que o título trouxe foi a inteligência e racionalidade para solução dos problemas e mistérios.

Diferente dos demais games da época, AITD forçava o jogador a pensar para resolução de puzzles. Tudo isso tornou esse terror cósmico um sucesso na época e um nome marcante na história dos jogos.

Apesar dos gráficos mais modernos e melhores, o Illumination recebeu críticas negativas. 

Plataformas Disponíveis: PC

Leia Também: O que é MOBA

Menções honrosas

Infelizmente não conseguimos falar detalhadamente de todos os jogos de terror porque senão o post não teria fim, né? Mas fica aqui um bônus com mais alguns nomes que vale a pena você procurar:

  • Neverending Nightmares
  • SCP-087
  • Dying Light
  • Siren: Blood Curse
  • Lorelai
  • Slender: The Arrival
  • Alien Isolation
  • The Evil Within
  • Lone Survivor

O que achou da nossa lista de melhores jogos de terror? Ficou com medo só de ler ou acha que faltou algum? Conta para gente nos comentários qual o seu favorito, aquele que só de lembrar já atrapalha seu sono a noite.


E aproveite para ler também nosso post sobre presentes para namorados gamers, ele pode te ajudar a escolher o que dar pro crush ou ainda servir para você compartilhar como indireta do que quer ganhar hehe

Comente Abaixo