o-que-e-second-life

O que é Second Life? – Do boom inicial à queda dos usuários

Um mundo à parte? Um game? Um lugar virtual para se viver? Afinal, o que é Second Life? E o que ele tem de tão extraordinário para se considerar uma “Segunda Vida”? Calma pequeno gafanhoto, você vai matar essas e outras dúvidas agora mesmo.

O fato é: o que quer que seja, Second Life mexeu com o imaginário de muitas pessoas na sua época de lançamento.

 A Canção Nova chegou a entrar no game buscando um novo canal de evangelização. Empresas brasileiras também participaram desse mundo virtual, buscando lucros.

Não sendo apenas uma oportunidade para empresas. Ashen Chung ficou famosa por se tornar milionária no simulador trabalhando com vendas e aluguéis de terrenos.

Então o que é Second Life? Um lugar para se fazer dinheiro? Não só isso, vai além. Esse é apenas um dos pontos que brilharam os olhos do público quando lançado.

Mas relaxa, que vamos falar direitinho para você o que é Second Life. É para entender a trajetória tanto do boom do sucesso quanto os motivos para a queda. E matar uma grande questão: Second Life ainda é algo?

Bora logo então saber sobre Second Life e o que é.

Leia Também: O que é Minecraft? Como funciona? Quem criou o jogo de US$2,5 bilhões?

O que é Second Life?

Second Life é um jogo online simulador de vida, onde você participa de um mundo aberto em que o foco é viver da forma que você deseja.

Second Life também conta com o conceito de redes sociais e e-commerce. Algo bastante inovador e visionário para seu ano de lançamento, em 2003.

A ideia era se tornar literalmente o que seu nome quer dizer: uma segunda vida. Sim, é isso o que é Second Life no conceito. 

Imagine um mundo virtual aberto, sem objetivos ou missões, onde você simplesmente “vive” nele. Você cria o seu avatar e então vai fazer o que quiser. Desde visitar outros lugares e conhecer novas pessoas à fazer um mundo seu.

No vídeo abaixo você confere algumas das histórias que são criadas em Second Life:

Deu para entender como funciona? A lógica é criar e viver da forma que quiser.

O MMO (Massively Multiplayer Online Game) engloba todas essas características diferentes. Por isso muitas vezes é difícil entender o que é Second Life 😉

Como funciona Second Life na prática – primeiros passos

Já entendeu o que é Second Life? Então vamos te ensinar, em um passo a passo bem rápido e simples, a como jogar.

  • Primeiro você cria sua conta no site do Second Life (clique aqui para ir direto pro cadastro) – confira a faixa etária do game, hein?
  • Depois é hora de fazer o download. Baixado e logado, você terá um mini tutorial muito rápido para aprender os comandos do jogo e a como voar (sim, você pode voar no game rs)
  • O último passo é com você. Faça sua história visitando lugares, conhecendo pessoas novas e etc.

Viu como realmente é rápido e simples? haha 

Como já falamos, o jogo não tem um objetivo claro. Basta dar play e “viver” a segunda vida.

Realmente se ganha dinheiro em Second Life?

A questão financeira no jogo é um ponto que merece destaque. O mundo de Second Life conta com regras próprias, até quanto a economia.

Sim, nele você tem um sistema financeiro por conta própria. Com uma moeda que se chama Linden, os gamers precisam comprá-la para ter acesso a certas ferramentas.

Como por exemplo, a customização dos avatares. Qualquer mudança que você quiser fazer, você deve pagar com a moeda do SL.

Existem até mesmo bancos, edifícios comerciais e lojas de roupas. Já contou com a presença de empresas gigantes como a Dell e a IBM (que, por sinal, vendia computadores).

E, para ganhar dinheiro no jogo, você precisa investir. Comprar terrenos, subir seu próprio prédio e vender seus artigos ou customizações que consegue disponibilizar.

No início o número de “residentes” na Segunda Vida chegou a 2 milhões de pessoas, o que garantia uma movimentação financeira boa. Hoje em dia, após a queda, talvez não seja tão fácil encontrar tantos avatares dispostos a gastar dinheiro.

Mas, ainda assim, o site de SL trás nas informações que movimentou US$60 milhões no ano passado. Uma quantia boa, certo?

Leia Também: [PASSO A PASSO] Como fazer live na Twitch

Por que Second Life fez tanto sucesso? (e ainda faz para alguns)

Agora que você já entendeu o que é Second Life, está na hora de saber sobre o motivo de ter feito tanto sucesso. E Os comentários abaixo no YouTube dão uma ideia dele:

“O Second Life é mais que um jogo. Ele abriu novas possibilidades para a minha vida. Na verdade, eu faço programas que funcionam para conectar Second Life e web sites. Eu tenho uma deficiência chamada Duchene Muscular Dystrophy. Eu basicamente só mexo meus dedos, mas em Second Life minha condição física não é um problema”

“Sim, é um mundo criativo com muitas histórias e muitas pessoas interessantes :)) Você e as pessoas dos seus vídeos são um ótimo exemplo :)”

“Second Life ajuda a expandir meus horizontes criativos!”

Todos esses comentários são depoimentos de pessoas que tiveram experiências bem positivas no jogo. Quase como uma transformação na vida.

O potencial criativo e a possibilidade de fazer o que quiser com seus avatares são fatores chaves. Você pode ser quem quiser dentro desse mundo aparentemente igual o real. 

Além disso, o simulador foi uma tremenda novidade no seu lançamento. Era algo não visto antes e foi colocado como o futuro da internet. A criação de avatares e simulação virtual da vida era algo bem chocante.

Toda a construção contando com economia e elementos que trazem tudo da vida real para o jogo deram bastante a cara de “segunda vida”. Isso atraía curiosos e investidores.

Leia Também: Passo a Passo [VÍDEO E IMAGENS] Como criar conta no LoL

Por que Second Life perdeu público tão rápido?

Em 2008 o SL começou a perder público. Abaixando cerca de 40% de usuários interessados. Existem alguns fatores que influenciaram nisso, como:

1. Um mundo sem regras e com bastante bizarrices

Exatamente isso. Second Life o que é, se não um mundo sem regras?

Você pode fazer o que quiser, criar histórias com seus personagens, conhecer pessoas novas. Tudo isso abriu a porta para um submundo: o das bizarrices.

Acontece de encontrar várias coisas inusitadas pelos mapas de Second Life. Muitas delas com alto teor adulto e sexual. Digamos que alguns até… bem fantasiosos.

Sim, muita gente aproveita desse espaço para buscar fetiches específicos. O que pode ser positivo para algumas pessoas, mas bastante perturbador para outras.

Esse caminho direcionado para o sexual é devido as proporções que o simulador chegou da vida real. Nele você consegue fazer sexo com os avatares.

No texto do Medium do Gustavo Ricci, ele fala sobre a experiência de entrar no SL depois de muito tempo. Relata sobre ter encontrado pessoas não muito disponíveis para puxar assunto e um homem que conta sobre o teor sexual.

Leia Também: Curso para ser streamer profissional – viva de jogos agora

2. Apenas para adultos

Por causa dos conteúdos sexuais e do lado monetário, SL se tornou um jogo exclusivo para maiores de dezoito anos.

Isso afastou bastante o público jovem, se tornando algo nichado para pessoas mais velhas conhecerem.

Fazendo então com que perdessem um grande número de usuários potenciais.

Leia Também: 15 melhores jogos de FPS para PC fraco para você jogar online

3. Poucas opções

Na teoria, o jogo é incrível. Na prática ele pode ser um pouco entediante. Tudo isso devido ao fato de se ter poucas coisas para fazer.

A falta de objetivos, desafios, propósitos e updates de uma história deixam um ar de monotonia para alguns. 

Principalmente quando se vê que as melhores opções de customizações e lugares para ir demandam que você deposite dinheiro.

E com a queda de usuários restam poucas pessoas para interagir. Então nem o lado social, que também era um ponto atraente, continua tão forte.

Leia Também: O que é Free Fire: TUDO que você precisa saber

4. Datado

O que é Second Life? Isso, um jogo datado. 

Seus gráficos ultrapassados não prendem tanto a atenção. Além disso, redes sociais surgiram no meio tempo. Ficou mais fácil se relacionar com pessoas diferentes e de outros lugares sem precisar de um avatar para te representar. Ou gastar dinheiro.

Os novos canais de comunicação (Facebook, Instagram, Twitter e outros) conseguem reunir uma comunidade de pessoas que vivem suas próprias vidas e se relacionam. 

Não precisa de uma segunda vida quando é possível usar da sua própria para criar e mostrar o que se quer em um meio social, certo?

Leia Também: Como ser um gamer profissional: 12 dicas para o sucesso

Como é o Second Life hoje?

Apesar de todos os fatores listados acima, SL ainda possui uma comunidade bastante ativa. Em 2018 foi registrado que aproximadamente apenas 500 mil contas estavam ativas mensalmente no jogo.

Está longe do seu tempo áureo, não é tão popular quanto foi no seu lançamento. Mas mostra como que, para algumas pessoas, o charme do game conseguiu se permanecer.

Talvez os pontos positivos sejam bem fortes para alguns, como vimos nos comentários do YouTube. É uma abertura para novas possibilidades e horizontes.

No fim das contas, o negócio é pesar os pontos positivos e negativos e ver na balança. Talvez você ache a experiência da segunda vida bem divertida e curiosa. Por que não?

Leia Também: Remessa online é seguro? – Transações sem burocracia

Entendeu o que é Second Life? Deixa para gente nos comentários se você já visitou esse mundo paralelo ou se ficou interessado em ir 😉
E que tal ler agora o nosso conteúdo sobre os 15 melhores jogos multiplayers para jogar em casa com amigos.

Comente Abaixo