[Passo a passo] Aprenda todo o processo de como criar jogos

Aposto que você, como qualquer outro gamer, já pensou em aprender como criar jogos, não é mesmo?

Existem diversos tipos de esports no mercado, dos mais variados estilos, e mesmo assim em algum momento você já deve ter falado algo como: “isso podia ser dessa forma” ou “se esse jogo fosse assim, seria ainda melhor”.

Se você está aqui procurando como criar jogos, você provavelmente já pensou algo parecido.

E apesar do grande número de jogos, não tem momento melhor que este para você começar a aprender como criar seu próprio jogo.

Hoje em dia você conta com muitas ferramentas, informações, comunidades e diversos locais onde você pode distribuir e divulgar seu jogo. 

Aprender como criar seu próprio jogo é um sonho de muitos gamers mas apenas poucos realmente vão atrás dele. E para que você saiba como começar a aprender como criar seu próprio jogo, fizemos este conteúdo.

Aqui você vai ver o caminho de como criar jogos. E é seguindo ele que você vai encontrar o seu tão sonhado objetivo. 

Leia também: Como investir em e-sports: 4 opções para ganhar dinheiro sem ser um TOP gamer

Como todo bom jogo, quanto mais difícil a missão, maior a recompensa. Portanto não desista! O caminho parece difícil para quem está começando, mas basta dar um passo de cada vez.

E para isso separamos seu caminho em 5 partes:

  1. Crie o conceito do seu jogo
  2. Estude as ferramentas que você vai precisar
  3. Prepare seus Assets (gráficos e áudios)
  4. Faça muitos testes
  5. Organize o lançamento e divulgação

Vamos então falar um pouco mais sobre cada uma dessas etapas!

1. Crie o conceito do seu jogo

O primeiro passo de como criar jogos sempre passa pelo conceito do jogo. Colocar “no papel” tudo aquilo que você quer que o seu jogo seja. 

Qual o tipo de jogo que você quer? Um jogo de plataforma? Um shooter? 

Todas as suas decisões devem ser baseadas em metas reais, que você possa alcançar.

Por exemplo: Eu quero criar um jogo como o GTA V. Nunca criei nenhum jogo em minha vida. Eu vou começar o processo e rapidamente vou me frustrar ao perceber a complexidade da criação de um jogo como esse.

Portanto, comece com metas mais realistas. Comece com uma versão mais simples de sua ideia original. Procure saber quais serão as habilidades que ele vai exigir de você e escreva tudo.

Organize tudo o que você vai precisar, com um bom planejamento, e metas para você mesmo, você vai traçar um caminho muito mais sólido até o lançamento do game. 

eBook recomendado: Game Design: Aprenda seu 1° jogo em 8 horas

2. Estude as ferramentas que você vai precisar

Com o conceito e o planejamento, de como criar o seu próprio jogo, pronto você já vai ter uma ótima ideia do que você precisa para colocar ele em prática.

A partir daí os caminhos são vários e você vai precisar tomar algumas decisões como aprender a programar ou usar softwares que auxiliam na criação sem conhecimento de programação.

Se você escolher aprender a programar, você terá muito mais liberdade e poderá escolher um maior número de ferramentas para trabalhar. Até mesmo criar a sua própria Engine, que é o coração de seu jogo.

Para criar o seu jogo sem ter conhecimento em programação, você vai depender de softwares específicos que vão facilitar esse trabalho para você.

Aqui vão 2 boas opções para você:

Ambos são gratuitos e vão te ajudar muito a começar!

É importante lembrar também, que você deve escolher a plataforma onde seu jogo será jogado. Para cada plataforma, você precisará de uma versão específica dele para poder distribuir.

Um bom material de estudo sobre esse assunto você encontra no Manual de Produção de Jogos Digitais

3. Prepare seus Assets (gráficos e áudios)

Agora que você já tem todo o planejamento e já sabe onde vai criar o seu jogo, é hora de se preocupar com os Assets!

Assets nada mais são do que os objetos e áudios que você usará em seu jogo.

Todos os gráficos, desde o fundo de tela inicial a até a imagem de cada menu de seu jogo. Sem se esquecer, é claro, dos sons que também existirão.

Para que você não se perca, é preciso que você organize tudo o que você vai usar por categorias

A partir daí vai ser necessário que você faça um mapeamento de onde cada um dos assets será utilizado.

Organizar isso antes de ir para o software de criação, vai te ajudar a ter mais controle do processo de montagem.

Se você não é bom com desenhos, a parte artística ou mesmo na criação dos sons, você sempre pode usar assets que você encontra pela internet. Você vai encontrar diversos assets gratuitos e se quiser alguns com maior qualidade, você sempre poderá comprar também.

4. Faça muitos testes

Todo jogo passa por testes. Muitos testes! De acordo com a complexidade e o tamanho de seu jogo, ele vai te exigir umas boas horas de testes para que você consiga encontrar qualquer bug que possa ser um problema.

Uma boa forma de passar o seu jogo por testes é mandar ele pra algum amigo jogar e te dar um feedback. 

Além de testar o jogo ele vai poder te dar a opinião dele e quem sabe não agregar algum novo recurso que você não tenha pensado.

5. Lançamento e divulgação

Após todo esse longo trajeto você está pronto para o lançamento de seu jogo.

Para isso você precisa decidir onde é que você pretende distribuí-lo. Existem diversos lugares onde você poderá fazer isso, e tudo vai depender da plataforma que você otimizou o seu jogo para ele rodar.

Algumas das principais lojas onde você pode incluir seu jogo estão:

Dica extra de como criar jogos

Como você pode perceber, o processo de criação de jogos dá bastante trabalho e exige o uso de muitas ferramentas e conhecimentos específicos.

Para que você trilhe um caminho com uma base mais sólida recomendamos que você faça um curso especializado. 

Uma ótima opção é o Curso de desenvolvimento de Games da Danki Code. Este é um curso completo onde você vai aprender todos os passos que precisa para saber como criar o seu próprio jogo.

O curso envolve tudo o que você pode encontrar pelo caminho. Desde programar a sua própria Engine, até criar cada um dos seus Assets, divulgar seus jogos e muito mais.

Além de ter um ótimo preço você ainda tem acesso vitalício e suporte individual e personalizado. Vale muito a pena!

Para se matricular basta acessar aqui o Curso de desenvolvimento de Games da Danki Code.

Pronto para criar os seus jogos?

Agora que viu todo processo de como criar jogos, já deu para você ter uma ideia do que te espera pela frente, não é mesmo?!

Portanto basta seguir em frente e começar o seu projeto! Não deixe de comentar com a gente suas dúvidas e até mesmo seus resultados!

Ficaremos felizes em saber que pudemos ajudar você!

Comente Abaixo